Agenda 21 São Gonçalo

Fórum Local da Agenda 21 de São Gonçalo

Seguindo as premissas da Agenda 21 brasileira, esse documento contou com o fomento da Petrobras. É fruto do esforço de diversos atores econômicos e da participação democrática e representativa da sociedade, que culminou na construção do Plano Local de Desenvolvimento Sustentável de São Gonçalo.

Agenda 21 Itaboraí

Fórum Local da Agenda 21 de Itaboraí

 

Esta Agenda registra o trabalho árduo de vários munícipes e colaboradores que se reuniram para discutir o desenvolvimento sustentável de Itaboraí. O processo mobilizou diversos setores da sociedade, orientando-se à identificação das potencialidades e demandas locais e a busca por soluções sustentáveis.

Plano Popular da Vila Autódromo

AMPVA — Associação de Moradores e Pescadores da Vila Autódromo Moradores e comunidades da Vila Autódromo

Para elaborar e levar adiante este plano popular, os moradores da Vila Autódromo assumiram o desafio de elaborar e concretizar um novo tipo de planejamento. Os moradores elegeram suas prioridades em termos de moradia, saneamento e meio ambiente, transporte público, educação, serviços de saúde e cultura.

Benefícios econômicos do saneamento na Baía de Guanabara

Instituto Trata Brasil

A pesquisa aborda os benefícios econômicos da expansão do saneamento básico às pessoas que vivem nos municípios do entorno da Baía de Guanabara, destacando aspectos positivos relacionados à educação, turismo, valorização imobiliária e produtividade (trabalho e renda) e, principalmente, saúde.

Metas de Sustentabilidade para os Municípios Brasileiros

Programa Cidades Sustentáveis

A publicação apresenta exemplos de boas práticas que podem servir como referências para a gestão das administrações municipais. O documento dá ênfase à importância do planejamento técnico aliado a processos participativos em que o conhecimento acumulado sobre gestão é posto à prova diante das prioridades apontadas pela população.

Rio de Janeiro: Desenvolvimento Sustentável

Rio Como Vamos

Avaliação da percepção dos moradores da cidade do Rio de Janeiro sobre temas relacionados ao desenvolvimento sustentável e mapeamento dos desafios considerados prioritários para o aumento da qualidade de vida na cidade. Saúde, segurança e educação foram apontados como as principais preocupações dos cariocas.