Guia GPS — Gestão Pública Sustentável

Programa Cidades Sustentáveis

 

Este guia coloca à disposição prefeituras brasileiras um conjunto de conceitos, ferramentas, metas e indicadores para que a gestão pública municipal possa se aperfeiçoar e avançar em planejamentos inovadores e sintonizados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Nota Técnica: Descentralização Econômica no Rio de Janeiro

Casa Fluminense

 

A primeira nota técnica da Casa Fluminense versa sobre o contexto da descentralização econômica em direção à Baixada e Leste Fluminenses e ao interior do estado, oferecendo diagnósticos e propostas para sua operacionalização. O policy mesmo, divide-se em quatro partes, sejam elas: contexto, análise, questões-chave e propostas.

Contribuição ao Governo do Estado do Rio de Janeiro

Instituto Baía de Guanabara 

Escrita em meio ao processo eleitoral de 2014, a carta enumera ações e medidas para combater o despejo de esgoto não-tratado e resíduos sólidos nos rios da bacia hidrográfica da Baía de Guanabara, tecendo considerações sobre iniciativas de articulação entre os diversos níveis de governo, iniciativa privada e sociedade civil.

Construir uma agenda para a cidade metropolitana

Casa Fluminense

A presente sistematização é resultado da construção compartilhada de uma visão de futuro para o Rio realizada pela rede de parceiros da Casa durante o 7º Fórum Rio, que aconteceu no dia 2 de abril de 2016 na Pavuna. Os desafios e propostas levantados no encontro tem papel central no processo de atualização da Agenda Rio.

Estratégias locais para expandir os investimentos em transporte urbano

ITDP

Para reduzir a dependência de recursos de outras esferas de governo, fortalecer a capacidade local de planejamento de longo prazo e investimentos em infraestrutura de transporte urbano de grande porte, é preciso aumentar as receitas geradas localmente, assim como atrair investimentos externos.

Agenda 21 Maricá

Fórum Local da Agenda 21 de Maricá

Este documento serve de base para que as comunidades sejam direcionadas para um futuro sustentável, ambiental e socialmente, propondo ações para que se alcance essa estrutura. Mais uma vez, e destacada a importância do fortalecimento dos governos locais e seu envolvimento nesse esforço, através da construção de parcerias entre autoridades locais e outros setores.

Agenda 21 Tanguá

Fórum Local da Agenda 21 de Tanguá

Para a elaboração da Agenda 21 de Tanguá, foi adotada a metodologia participativa, através da união e do esforço dos setores da sociedade tanguaense. Ao longo do trabalho, a identificação de problemas e potencialidades locais permitiu o apontamento de soluções e ações, pautadas nos conceitos de desenvolvimento sustentável.

Agenda 21 Rio Bonito

Fórum Local da Agenda 21  de Rio Bonito

O presente documento é resultado de um processo aberto, participativo e democrático que reuniu cidadãos rio-bonitenses e grupo de voluntários, a fim de identificar necessidades, potencialidades, prioridades e propostas para o município, tendo como fruto elaboração um plano de ação e metas.

Agenda 21 Magé

Fórum Local da Agenda 21 de Magé

A construção da Agenda 21 Magé trouxe a possibilidade de discutir a cidade, seus problemas e potencialidades, e apontar as transformações necessárias para tornar o município melhor do ponto de vista da sustentabilidade, da cidadania e da democracia, com responsabilidade social e ambiental.

Agenda 21 Guapimirim

Fórum Local da Agenda 21 de Guapimirim

Mais de dois terços das declarações da Agenda 21, adotadas pelos governos nacionais, não podem ser cumpridas sem a cooperação dos governos locais. Por isso a ideia da estratégia de Agenda 21 Local – um documento que estabeleça a visão de uma comunidade para um futuro desejável e as ações que devem ser realizadas para se chegar a ele.