O estudo analisa o índice de proximidade ao transporte de média e alta capacidade (PNT) no município e na metrópole do Rio, revelando desigualdades no acesso ao transporte público, e levanta propostas para promover equidade.